Porquê? Why?

Há histórias que têm que ser contadas.
Há exemplos que têm que ser seguidos.
Há personagens que têm que ser desvendadas.
E nós merecemos um jornalismo diferente que nos mostre que ainda vale a pena.



30/07/08

Petra no sapato


Já está nas bancas a edição de Agosto da revista VOLTA AO MUNDO.


Neste número, destaque para a reportagem de capa, uma viagem com texto meu e fotografias (excelentes, diga-se de passagem) do Paulo Barata, pela Jordânia. Mas há mais, com viagens por Xangai - numa grande reportagem de Paulo Rolão sobre essa China que teima em conquistar o Mundo - e pelo Tibete, pelas mãos de José Rodrigues dos Santos. Em ambos os casos, as fotografias, também elas de extrema qualidade são de Manuel Gomes da Costa. E para quem não esquece o Brasil, há sempre um passeio pela Chapada Diamantina.


Nem só de Petra se deve falar quando nos referimos ao mais calmo dos países do Médio Oriente. Deserto de Wadi Rum, mergulho no Mar Vermelho, Mar Morto, castelos, Lawrence da Arábia e a Rainha Rania também merecem ser destacados. O encontro com a Jordânia durou uma semana e deixou marcas. Além das recordações de um país difícil de esquecer, fica a triste memória desses dias. Enquanto o Mar Morto nos brindava com o seu espectáculo salgado de sensações, em Portugal, por esses dias, morria Torcato Sepúlveda, o homem da voz grave e cavernosa que se emocionava com a amizade.

A reportagem da Jordânia é para ele, para esse viajante da Mente e do Mundo.

Um abraço, Torcas!

2 comentários:

Baidauei disse...

Estás em grande

Ricardo Santos disse...

Estou mesmo, estou num segundo andar.